Santorini Header
Home / Concurso organizado pela SP Urbanismo premia projeto de Estúdio Módulo

Concurso organizado pela SP Urbanismo premia projeto de Estúdio Módulo

Estúdio Módulo vence prêmio de mobiliário urbano que incentiva olhares distintos sobre a cidade de São Paulo.

Por Marina Samaritano

 

Nova perspectiva

Estúdio Módulo vence prêmio de mobiliário urbano que incentiva olhares distintos sobre a cidade de São Paulo.

 

 

módulo1

Os bancos são feitos a partir de um único bloco de concreto combinado com madeira, podendo variar de tamanho. As papeleiras, individuais ou duplas (50 l cada), são em aço galvanizado e podem ser fixadas no chão ou no mobiliário. Os paraciclos têm perfis modulares de aço galvanizado com pintura eletrostática. Os bebedouros, com duas bases, podem ter uma terceira para cães.

 

 

O Concurso Público Nacional de Ideias para Elementos de Mobiliário Urbano de São Paulo, organizado pela SP Urbanismo, premiou o projeto desenvolvido pelo Estúdio Módulo, um coletivo dirigido por Guilherme Bravin e Marcus Vinicius Damon. O objetivo era selecionar as melhores propostas apresentadas para nove categorias: quiosques, sanitários públicos, abrigos em ponto de parada de táxi, bancos, papeleiras, bebedouros, paraciclos, balizadores e guarda-corpos.

 

Os profissionais do Estúdio Módulo partiram da idéia de recuperação daquilo já foi feito em termos de identidade visual de São Paulo, adaptando pontos ao novo projeto. De acordo com a avaliação dos arquitetos premiados, a identidade visual melhor sucedida teria sido aquela desenvolvida nos anos de 1970 para a Avenida Paulista; assim, o projeto vencedor parte da geometria monolítica dos totens escuros da via, adaptando suas formas às diferentes famílias de objetos solicitadas pelo concurso.

 

 

módulo2

O sanitário público é composto por um único bloco dividido em três segmentos. O primeiro é o local onde se faz o pagamento pelo serviço; o segundo é o sanitário em si, com pia, vaso sanitário e trocador dobrável. O terceiro é composto por um sistema de infraestrutura, com encanamento e armazenamento de água.

 

módulo3

O ponto de parada de táxi desenvolvido pelo Estúdio Módulo tem um banco para duas pessoas e espaço para cadeirante, tudo coberto. A estrutura é em steel frame com fechamento em alumínio e revestimento interno com placas de madeira OSB recicladas. Em sua estrutura estão embutidos nichos capazes de conter medidores de energia, papeleira dupla e armários.

 

 

A idéia principal por trás dessa escolha é apresentar uma linguagem capaz de unificar o mobiliário projetado e relacioná-lo àqueles pré-existentes, reforçando a identidade paulistana no espaço público. Os objetos criados são adaptáveis, democráticos e acessíveis, podendo ser instalados por toda a cidade, além de possuírem modulações que permitem diversas possibilidades de uso, fazendo com que possam ser empregados em diversas situações urbanas.

 

Com 221 participantes inscritos com 69 trabalhos, o concurso organizado pela SP Urbanismo premiou os três melhores projetos inscritos e entregou 12 menções honrosas.

 

Veja os demais contemplados

 

módulo4

Os bancos individuais ou coletivos podem ser produzidos para diferentes modalidades, sempre seguindo a mesma linguagem. Na imagem, são utilizados de modo confortável na ocupação de espaços menos usuais da cidade, como uma arquibancada. O guarda-corpo organiza o fluxo, preserva o patrimônio público e garante a segurança de pedestres e ciclistas. É em chapa de aço galvanizado com pintura eletrostática, dobrada em forma retangular com elementos verticais do mesmo material.

 

 

Imagens Divulgação

redacao@editorialmagazine.com.br

Review overview
NO COMMENTS

POST A COMMENT