CM Header
CM Insta Header
Home / Tá na mesa! – Destaques de cozinhas nacionais e internacionais

Por Marcela Millan

 

De dar água na boca

Não é sem motivo que as cozinhas amplas e bem equipadas e os tão desejados espaços gourmet estão em alta. Afinal, as melhores conversas ocorrem ao redor da mesa! Aqui, uma seleção de projetos deliciosos!

 

 

Na floresta

Simplicidade e minimalismo pautam o projeto de Reiulf Ramstad , na Noruega. A cabana foi toda revestida de madeira de pinheiro compensada, trazendo a floresta para dentro da construção. As grandes janelas envidraçadas potencializam essa sensação e ainda garantem luz natural. “Sua forma reinterpreta as construções locais, com materiais naturais e muita luminosidade”. Retangular, a área de refeições e a cozinha têm disposição paralela: a mesa e a ilha, com cuba e armários, são feitas da mesma madeira que estrutura a casa; ao fundo, uma lareira de concreto, acrescida de bancada e prateleiras inferiores para colocação da lenha, tem chaminé de metal.

 

cozinhas1

 

 

 

Para a família

A parede inteiramente pintada com tinta de lousa preta (Suvinil), para anotar recados e divertir as crianças, é a graça desse ambiente projetado pelas arquitetas Juliana Moyses e Mariana Paoli, do Drops Arquitetura . Elas reformaram esta casa em São Paulo, tornando tudo muito prático! A cozinha, com 22,6 m, recebeu ilha com bancada de granito preto absoluto que abriga o cooktop e coifa (ambos KitchenAid) e tem um balcão para refeições unido a ela. As cadeiras Mademoiselle, do designer Philippe Starck (para a Kartell), trazem cor e graça com suas estampas. Os móveis planejados são da Ornare.

 

cozinhas2

 

 

 

Clima rural

As casas tradicionais da cidade de Bregenz (Áustria) inspiraram esta residência localizada em sua área rural, assinada pelo arquiteto Bernardo Bader . A cozinha de planta retangular, com 65,7m², recebe piso de abeto, em contraste com a modernidade do concreto que se manifesta no teto. A parede ao fundo ganha tinta de lousa, na frente da qual se destaca um móvel verde da família. A mesa de jantar foi rodeada por cadeiras e banquetas diferentes, para ressaltar o clima de descontração e aproveitar o acervo da família. Móveis feitos sob medida – como a ilha com cooktop vitrocerâmico e o armário que ocupa toda a parede – deixam tudo bem organizado. O espaço é banhado pela iluminação natural, e recebe focos de luz pontuais sobre a ilha, além do pendente acima da mesa.

 

cozinhas3

 

 

 

 

Regional

A casa em Cuenca (Equador) aproveitou os muros de pedra pré-existentes no terreno, incluindo-os como parte do desenho estrutural do projeto. “O objetivo era construir uma pequena casa isolada, com espaços funcionais básicos, com uma linguagem local e contemporânea”, explica o arquiteto Paul Vazquez , do Inai Arquitectura. A cozinha está integrada à sala de jantar, com linguagem unificada pelo piso de cerâmica que imita ladrilho hidráulico. Os bancos rústicos de madeira conversam com a ilha central e com a bancada com armários inferiores, encostada na parede escalonada de grandes tijolos aparentes. Uma escada com degraus de vidro leva para o segundo pavimento.

 

cozinhas4

 

 

 

Rústico

Em Belo Horizonte (MG), o apartamento reformado por Carmen Calixto tem área gourmet de 30 m² com diversos toques rústicos. No piso, o ladrilho hidráulico (Ceusa) parece um tapete que delimita o espaço de jantar, composto por mesa de madeira de demolição e cadeiras de design de Charles Eames. A parede de cimento queimado, o painel retroiluminado de MDF padrão madeira de demolição (assim como a parede ao fundo) e os tijolinhos no balcão propiciam a linguagem desejada. “Todo o projeto é acessível. A pia ao lado da churrasqueira, por exemplo, tem 90 cm. Já a bancada de granito tem 1,1 m e foi criada para que o churrasqueiro ficasse de pé para distribuir a carne no balcão”, explica. Geladeira Brastemp e churrasqueira Reinox.

 

cozinhas5

 

 

 

 

Alegria, alegria!
Integrar os ambientes era o desejo da família paulistana. Assim, a pequena cozinha de 7 m² teve uma de suas paredes derrubadas e ganhou um balcão desenhado pela arquiteta Fernanda Duarte para delimitar o ambiente; seu tampo, de MDF, recebeu vidro de 6 mm. Tanto a parede do fundo, quanto o piso e o corpo da bancada se destacam graças ao ladrilho hidráulico Blue Memory (Decortiles). Os armários de MDF (Marcenaria Apollo) foram posicionados, inclusive, na parte superior, para aproveitar bem o espaço. Uma parede ganhou tinta de lousa, para recados ou “obras de arte”.  Geladeira Brastemp e micro-ondas Consul. Banquetas Etna.

 

cozinhas6

 

 

 

Lado a lado

Receber bem era a premissa deste projeto de Adriana di Garcia , em São Paulo. O espaço gourmet conta com uma ilha central em Silestone (Pedras Olivares) com mesa acoplada e cadeiras de polipropileno transparente, para dar leveza. Uma churrasqueira foi instalada na parede revestida com aço inox (KTZ), para facilitar a limpeza. Ao lado, uma sessão da parede recebe um mosaico de mármore mini Grey (Bollpi), para abrigar a televisão. A área está integrada ao estar delimitado pelo tapete de sisal (Arabesco Decor) e mobiliário descontraído (V Mobili). Geladeira e fogão são da Brastemp.

 

cozinhas7

 

 

 

 

Aconchegante

Com uma base clara, a cozinha paulistana de 18 m² foi aquecida pelo inusitado tapete Abacaxi, de lã bordada a mão com temática tropical (Casa Caiada). A arquiteta Patrícia Martinez  comandou a reforma e adotou bancada de Silestone que embute os armários (Kitchens). Ao centro, o prático Teca Bar, de Jader Almeida (Dpot), em aço e madeira de carvalho, é usado para servir ou abrigar eletroportáteis e frutas. Na parede, o revestimento cerâmico Diamond (Decortiles, by Mais Revestimentos) com textura. O misturador monocomando de mesa é da Deca.

 

00Juriti041

 

 

 

Toque artístico

O desenho colorido e contemporâneo de Jey envolve a área de trabalho da cozinha gourmet de 35 m² projetada por Leo Shehtman  e localizada em São Paulo. Ela é definida pelo arquiteto como “clean, com interferência de cor do grafite”. Sua bancada de Marmoglass segue o mesmo material da mesa, com desenho geométrico. Ela compõe com banquetas brancas e azuis (Cappellini) e um pendente escultural (Scatto). Nas paredes, o grafite divide espaço com as pastilhas de aço inox (Colormix). Os armários são laqueados (JJT). A cortina de seda foi cortada a laser (Allure) e ameniza a entrada de luz natural. Churrasqueira Scheer.

 

SK5A7298

 

 

 

Espelhada
O revestimento diferenciado chama a atenção na cozinha projetada por Jóia Bergamo. Com 15 m² e localizada em um apartamento em Sorocaba (SP), tem paredes com pastilhas metálicas (Mais Revestimentos) que vibram com os armários em laca amarela alto brilho (Florense). A bancada de Corian (Siligram) abriga cooktop e lava-louças (Brastemp), além da cuba dupla (Mekal) com torneira arrojada (Altero). “A cozinha foi toda baseada em uma boa ergonomia, com bancadas padrão, respeitando uma boa circulação e espaços para manusear a comida”, conta a profissional.

 

cozinhas8

 

 

 

Imagens Adolf Bereuter, Demian Golovaty, Evelyn Muller, Henrique Queiroga, Jag Studio, Julia Ribeiro, Martin Szmick, Patricia Cecatti, Soren Harder Nielsen, Wagner Silveira e divulgação

 

Review overview
NO COMMENTS

POST A COMMENT