Santorini Header
Home / 30 anos de Casa Cor

30 anos de Casa Cor

Confira 10 ambientes projetados por grandes arquitetos como Léo Shehtman, Jóia Bérgamo, João Armentano, Marina Linhares, Guilherme Torres e outros, nessa edição especial da Casa Cor

 

Ao cumprir 30 anos, a Casa Cor São Paulo propõe a boa arquitetura e design de interiores para festejar a vida. Confira abaixo 10 ambientes projetados por grandes arquitetos como Léo Shehtman, Jóia Bérgamo, João Armentano, Marina Linhares, Guilherme Torres e outros, nessa edição especial da Casa Cor:

 

Expresso Déco

Um antigo vagão de trem da Estrada de Ferro Sorocabana foi restaurado pelo  arquiteto Léo Shehtman. A ideia é mostrar o reaproveitamento desse tipo de estrutura, seja como moradia, escolinha de arte ou biblioteca. De 1945, o vagão foi todo grafitado pelo artista Jey, do coletivo Vollume BR, em uma referência bem urbana. Seu interior resgata a essência do movimento Art Déco, enquanto a área externa comporta um lounge com vistas para o Jockey Clube.

1_leo-shetman_sk5a1873 1_leo-shehtman_sk5a1905


Estúdio Jabuticaba

Suspensa por cabos de aço, uma surpreendente jabuticabeira flutua no ar, sob a técnica japonesa do  kokedama (bola de musgo). O estúdio de 44m², de Nildo José, tem um banco com assento de concreto que percorre todos os ambientes, passando por detrás da cama desenhada pelo próprio arquiteto para a Codex Home. À sua frente, uma cadeira de Jorge Zalzuspin (Etel). O banheiro está acoplado em uma caixa-preta forrada com madeira ebanizada, com interior de concreto no acabamento Mr. Cryll (Bricolagem Brasil). A banheira é da Doka.

2_nildo_img_0526


Loja dos cristais

O contraste entre o luxo da grife francesa Baccarat e as linhas quase industriais da fachada trazem frescor à proposta da arquiteta capixaba Vivian Coser. Para compor o layout externo, ela se inspirou no hotel homônimo de Nova York, empregando um brise de material translúcido composto por produtos reciclados, o 3Form Chroma XT (HunterDouglas). Com acabamento fosco e polido, é destacado por LEDs. Nas laterais, módulos cerâmicos sustentam os jardins verticais de André Pedrotti. Impressionantes portas pivotantes conduzem ao luxuoso interior.

3_viviancoser001


Praça Eliane

É de inspiração brutalista o espaço com mais de 450 m² assinado pelo arquiteto paisagista Alex Hanazaki. Entra-se por um túnel (na imagem, acima à esquerda) composto por um expressivo jardim vertical, uma cobertura pergolada com revestimento tecnológico (autolimpante e purificador de ar) e brises com estrutura metálica e porcelanatos em diferentes tons (tudo da Eliane). Este caminho culmina na praça, que revela um espelho d’água com pequenos jardins flutuantes e cubos a modo de pisada, além de 12 pés de pau-brasil.

 

4_alexhanazaki05


Sala dos amigos

É essencialmente masculino o ambiente de 47 m² de Denise Barretto, voltado a um apreciador da arte e dos bons vinhos. Em meio às cores sóbrias e piso amadeirado, a poltrona de Jorge Zalszupin brilha como peça de design. Ao fundo, destaque para a adega modular que comporta 180 garrafas, criada pela própria arquiteta. O projeto luminotécnico ficou por conta de Guinter Parschalk, que colocou luz indireta na sanca e optou pelos pendentes de Jader Almeida.

11_denisebarreto


Espaço Deca

Marina Linhares faz referências à Bauhaus na casa de 200 m², dividida em sete ambientes que recebem peças de design distribuídas pelo espaço confortável, que está longe de ser uma simples vitrine de produtos. Na arquitetura, grandes vãos facilitam a ventilação e a iluminação, esta última ainda auxiliada pela cobertura transparente. Sustentável, o projeto ganhou telhas e paredes com isolantes térmico e acústico, iluminação com LEDs, sistema de reuso de água, madeira de reflorestamento e tintas à base de água, além de itens economizadores da Deca.

6_marina-linhares-deca-casa-cor-2016-foto-romulo-fialdini-11


Experiência Ornare

João Armentano brinda aos 30 anos da Casa Cor São Paulo e igual idade da Ornare. O apartamento de 200 m² prima pela linguagem clean, com uma base neutra que harmoniza todos os ambientes. Ele optou pela coleção Wide Line, desenhada por Ricardo Bello Dias, que reveste e decora a casa como um ambiente único, lançando mãos desde painéis modulares e perfis de suporte, além dos móveis em si. Os tapetes são da by Kamy. Acessórios de banheiro, Vallvè.

7_joaoarmentano-ornare04


Pavilhão de recepção

A arquitetura geométrica, desconstrutivista, marca o volume assinado por Otto Felix. Por fora, as placas de madeira são revestidas com chapas de titânio, que protegem o espaço e propiciam variação de cor conforme a luminosidade. Por dentro, a própria estrutura de madeira, escultural, compõe a decoração, dando vida, inclusive, às prateleiras. Para auxiliar na iluminação natural, um rasgo fechado com vidro corta o espaço. A iluminação é feita por pontos de LED embutidos nas vigas.

10_ottofelix04


Casa Braille

Uma sala de estar e jantar sensorial. Esse é o projeto de Leo Romano, com 47 m², inteiramente revestido por painéis de alumínio microperfurados (HunterDouglas), que também receberam elementos tridimensionais que remetem ao braile, em uma composição que desperta o desejo do toque. As paredes são retroiluminadas e seguem uma paleta de tons de rosa, que se encontra também no tapete e mobiliário – desenhados pelo próprio profissional, que lança a coleção Bailarina, com pés que lembram piões.

12_leo-romano_vil1825


Casa conceito

Jóia Bergamo utiliza muito vidro (Guardian) e estruturas metálicas no projeto que soma área total de 215 m², com 73 m² construídos. A cozinha, assim como todo resto da residência, é um local minimalista voltado às confraternizações, fluído e integrado, com base neutra e mobiliário prático da Millo. O trabalho está inspirado na Casa Farnsworth, de Mies van der Rohe, que visa aproximar os interiores à natureza, aqui propiciada pela integração com o jardim de Ricardo Pessuto e pela vista do Jockey Club.

14_joiabergamo


 

Imagens: Beto Riginik, Bruno Contin, Christian Maldonado, Denian Golavaty, Denilson Machado, Evelyn Muller, Marco Antonio, Rômulo Fialdini, Salvador Cordano e Yuri Seródio.

redacao@editorialmagazine.com.br

Review overview
NO COMMENTS

POST A COMMENT